Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Não Confio em Mark Zuckerberg

Não Confio em Mark Zuckerberg (31/12/2016) Tentava e não conseguia ver direito este vídeo no Facebook, publicado pela página de Jair Bolsonaro, no qual o jornalista Alexandre Garcia fala sobre o comportamento tendencioso da mídia brasileira e internacional antes, durante e após a vitória de Donald Trump nas eleições norte-americanas de 2016. Eu conseguia ver outros vídeos sem problemas, mas este travava e não rodava direito. Só consegui ver o vídeo depois de baixa-lo em meu iPhone. O título do vídeo é “ Como os Americanos Derrotaram a Mídia e os Institutos de Pesquisa ”. Seria essa dificuldade causada apenas pela grande quantidade de visualizações desse vídeo ou alguma ação intencional para prejudicar especificamente as publicações compartilhadas por Jair Bolsonaro, Donald Trump e outras figuras da direita? Há alguns dias fiz um comentário com este link numa publicação da página do Facebook do grupo “Tradutore

Assassinatos Numerosos por Motivos Políticos, Étnicos ou Religiosos

Assassinatos Numerosos por Motivos Políticos, Étnicos ou Religiosos (25/12/2016) Seguem adiante estatísticas das maiores quantidades de assassinatos de civis por motivos políticos, étnicos ou religiosos no mundo ocidental. Só estão incluídos assassinatos por perseguições por motivos políticos, étnicos ou religiosos.  Não estão incluídas as mortes durante conflitos armados entre nações, durante revoluções pela tomada de poder por facções rivais e nem as mortes causadas por conflitos internos entre facções de mesma ideologia. Islamismo Segundo o Dr. Bill Warner, especialista no Islã, essa ideologia político-religiosa já assassinou mais de 270 milhões de pessoas desde o século sétimo, quando foi fundada por Maomé até nossos dias e é a única religião que continua assassinando pessoas em todo o mundo.  Outras fontes , menos conservadoras, chegam a estimar que as matanças foram em quantidades muito maiores.

As “Lágrimas” do Jihad

As “Lágrimas” do Jihad (03/03/2008 - por Bill Warner – traduzido por Luigi. B. Silvi em 25/12/2016) Os números adiante são estimativas grosseiras das quantidades de mortes de não-muçulmanos por motivações políticas em ações do Jihad [Luta Pela Causa de Allah]. Africanos Thomas Sowell [Thomas Sowell,  Race and Culture , BasicBooks, 1994, p. 188] estima que 11 milhões de escravos foram transportados através do oceano Atlântico [para as américas] e 14 milhões foram enviados a países islâmicos do norte da África e oriente médio. Para cada escravo capturado muitos outros morriam. Estimativas sobre esses efeitos colaterais são variadas. O renomado missionário David Livingstone estimou que para cada escravo que chegava ao destino, cinco outros eram assassinados ou morriam por doenças ou privações das marchas forçadas [Woman’s Presbyterian Board of Missions,  David Livingstone , p. 62, 1888]. Aqueles que não eram capturados eram as crianças, os fracos, os doentes e os velhos. Es

Guia para “Tirar o Islã do Foco” - Peter Townsend

Guia para “Tirar o Islã do Foco”  (23/12/2016) – Peter Townsend Adiante segue resumo de um guia prático para organização de notícias na mídia, que tem sido seguido pelos líderes da comunidade muçulmana no mundo todo durante e depois de atentados de jihadistas muçulmanos. “Sempre que alguma atrocidade é cometida por alguém dizendo ter sido inspirado pelos ensinamentos do Corão, as medidas adiante devem ser imediatamente implementadas para evitar perguntas embaraçosas sobre a nossa “Religião da Paz”. 1.     Entreviste amigos do autor do atentado. Faça-os declarar que estão “totalmente chocados” de que um cara tão legal tenha cometido tal ato ( o efeito é fazer acreditarem que ele pode ter sido cooptado por alguém de fora ); 2.   Entreviste colegas de culto na Mesquita. Faça-os dizerem que ele era um frequentador esporádico e deve ter-se “desgarrado” do verdadeiro caminho. Em outras palavras: “ele nunca poderia ter-se inspirado aqui a fazer essas coisas”; 3.     Se

Algumas Narrativas Hipócritas das Esquerdas

Algumas Narrativas Hipócritas das Esquerdas (22/12/2016) Liberdade de Imigração – Esquerdistas brasileiros defendem ferozmente a liberdade de imigração, condenando a construção de muros, cercas e barreiras que impeçam a entrada de imigrantes em países europeus e americanos; não protestam contra a Coreia do Norte, Cuba, Arábia Saudita, Irã e outros regimes ditatoriais que constroem muros, fecham fronteiras e não permitem a entrada ou saída de imigrantes, com penas severas para os infratores. Liberdade de Expressão – Dizem defender a liberdade de expressão de ideias e publicação de críticas em todos os meios de comunicação; praticam sistematicamente o patrulhamento ideológico nas redes sociais (o governo Dilma criou um grupo chamado “Humanizaredes”, especificamente para essa finalidade) e todas as iniciativas de criação de leis contra a liberdade de expressão são patrocinadas por parlamentares esquerdistas. Responsabilidade Penal – Lutam ferrenhamente contra a reduçã

Polícia “Politicamente Correta” é Um Desastre Planetário

Polícia “Politicamente Correta” é Um Desastre Planetário (22/12/2016 Em muitas cidades do ocidente existem bairros onde a polícia não pode entrar sem autorização dos chefes locais. Em países da América Latina e África as regiões urbanas onde a polícia não pode entrar são geralmente dominadas por criminosos.   Na Europa as regiões proibidas são dominadas principalmente por populações muçulmanas. Só em Paris existem dezenas de subúrbios onde a polícia não pode entrar. Londres, Roma, Bruxelas, Amsterdam também têm suas próprias zonas proibidas para a polícia e pessoas não autorizadas pelos líderes locais. No Rio de Janeiro ocorrem seguidamente assassinatos de pessoas desavisadas que entram inadvertidamente em regiões dominadas por traficantes, nas quais a polícia não pode entrar. O mesmo acontece na Cidade do México, Buenos Aires, Caracas, Lima, Nova York, Chicago e outras grandes cidades das américas. O fenômeno ocorre em praticamente todas as grandes cidades do mundo,

Caminhões Estão Atacando a Europa e Israel

Caminhões Estão Atacando a Europa e Israel (20/12/2016 - atualizado em 08/01/2017) Em 08/01/2017, influenciado pelos exemplos europeus,  um caminhão assassinou  uma dezena de pessoas e feriu outras tantas, em um ataque sobrenatural em Jerusalém. Esses caminhões adoradores de  Allah  perderam toda a compostura! Dia 19/12/2016, em Berlim, um motorista, provavelmente muçulmano, lançou o enorme caminhão que dirigia contra uma multidão de pessoas que faziam compras numa feira natalina no pátio de uma igreja católica, matando uma dezena de pessoas e ferindo gravemente mais de 50 outras. As manchetes dos jornais e noticiários de televisão falavam que um caminhão havia atropelado várias pessoas e ferido algumas dezenas. Comentavam que a polícia não descartava nenhuma hipótese, podendo ser apenas um acidente de trânsito, um atentado ou até mesmo alguém da extrema-direita querendo provocar mais ódio contra os pacíficos muçulmanos. A polícia alemã lançou apelos nos meios de co

Problemas com Donos de Cães Passeadores

Problemas com Donos de Cães Passeadores (14/12/2016) Ao fazer minha caminhada matinal, encontrei no caminho uma senhora com um cão de porte médio. Ela, a senhora, estava à minha direita, fora do caminho mexendo em seu telefone. O cão estava à minha esquerda, quase na borda do outro lado da calçada, com a corda bloqueando quase todo o caminho. Com a passagem bloqueada pela corda, parei, esperando que a “senhora” puxasse o cão ou fosse também ela para o outro lado. Ela, a “senhora”, levantou o olhar, riu e continuou a mexer no telefone. Como nada fez, pedi que desbloqueasse o caminho e passei à direita dela, sobre o gramado. Ela não gostou e disse algumas palavras irônicas, tipo “bom dia!” e “o que é isso?” e outras coisas que não ouvi direito porque segui meu caminho. Logo lembrei de outro episódio acontecido comigo há alguns anos quando, no mesmo caminho, encontrei duas senhoras conversando, cada uma com um cão de porte médio preso por uma corda. Ao aproximar-me, um dos